3 filmes para superar uma desilusão amorosa (Netflix)

Salvador - BA, Brasil
como-superar-um-termino-de-namoro





Não é preciso dizer o quão separações são difíceis. Se você está passando por isso agora, vem ver esses 3 filmes que separei! Garanto que você vai se distrair um pouco, dando boas risadas!


Eu sei, quaisquer que sejam as circunstâncias, os rompimentos são dolorosos e assustadores, e não há uma boa maneira de superá-los, exceto... continuar vivendo para enfim, superar.


Embora nada possa realmente fazer você esquecer a pessoa que já foi tudo pra ti, esses filmes que envolvem um fora daqueles, mas sempre com finais surpreendentes, te ajudarão a distrair a negatividade que insiste em atormentar mesmo que seja apenas por algumas horas.


Então, pega a pipoca e vem comigo conhecer esses 3 títulos que farão você terminará o filme se sentindo um pouco menos desesperada e muito mais compreendida.



O estranho noivo de Maya


Maya (Amber Stevens West) trabalha com o pai que é bastante controlador, mas ela adoraria ser uma artista e pensando nisso resolve visitar a África do Sul, mesmo seu pai sendo contra.


Lá ela se apaixona e é pedida em casamento, também para o desespero do seu pai que vê a filha se envolvendo com alguém que nem conhece.


No entanto, o noivo de Maya a trai e ela não conta para a família, mantendo a farsa do casamento que acontecerá em poucos dias. Eu ri muito com esse filme!





Gente que vai e volta


Se você gosta de comédias fofinhas ‘Gente Que Vai e Volta’ foi feito para você! O primeiro filme dirigido por Patricia Font foge da atmosfera das grandes cidades e nos dar a paisagem bucólica do litoral de Barcelona.


A história gira em torno da perda, da crise pessoal e da sensação de vazio após uma desilusão.





Tal pai tal filha


O Filme Tal Pai, Tal Filha traz a história de Rachel, uma mulher obcecada por trabalho, que é abandonada no altar por conta de sua obsessão.


Como se isso já não fosse ruim o suficiente, seu pai, que ela não tem notícias desde a infância, aparece na igreja como se nada tivesse acontecido. O filme é muito divertido, rende boas gargalhadas e algumas lágrimas. Eu amei!






Acredite, ter um coração partido parece o fim do mundo, mas não é. Você não está quebrada. Eu sei que dói, mas a partir dessa mágoa você pode começar a criar uma conexão profunda consigo mesma e com outras pessoas que antes não era tão possível.


Ter seu coração partido significa ser humana. Isso quer dizer que você tem um coração bom, amoroso e atencioso. É perda de tempo ficar se comparando com quem quer que seja.


Ajudar outras pessoas através da minha dor me ensinou algumas lições profundas. Por maior que seja a nossa dor, não somos as únicas a estar passando pelo mesmo. É isso que conecta todos nós. O tempo cura tudo!


E nunca, jamais, podemos nos permitir nos tornarmos aquilo que nos feriu e que nos deixou tão tristes.


E mesmo quem está de boa na lagoa, pode acreditar, esses filmes são muito divertidos, pois mostram diferentes mulheres lidando com seus perrengues amorosos e caem muito bem nesse momento de quarentena que estamos vivendo.


Já assistiu algum? Está sofrendo por um amor ou tem uma boa história pra contar? Vamos conversar mais sobre isso nos comentários!



Form for Contact Page (Do not remove)